Como escolher tecidos para artesanato

Como escolher tecidos para artesanato

Na hora de fazermos nosso artesanato temos que levar em conta a qualidade dos materiais que vão ser utilizados e a escolha do tecido é uma delas.

Apesar de muitos que estão iniciando nesse ramo ainda não atente para algumas características que podem comprometer a qualidade e a beleza da peça sem falar na sua durabilidade.

Por isso, é importante que você aprenda a conhecer e como aplicar os diferentes tipos de tecidos que temos disponíveis no mercado.

Mas como escolher tecidos para artesanato

Como escolher tecidos para artesanato

Sempre que vamos criar um projeto ou uma peça nova sempre temos que pensar qual é a sua finalidade.

Se a peça vai ser manuseada por crianças, se ela ser lavada com frequência, é uma peça que vai ficar como decoração. Tudo isso você tem que levar em conta para que você consiga agregar valor para sua marca.

E com os tecidos não é diferente, já que no mercado encontramos tecidos que desfiam com facilidade e que formam bolinhas, que amassam muito e etc.

Claro que para alguns casos você consegue resolver o problema com alguns truques como no caso dos tecidos que costumam desfiar, você consegue resolver esse problema a impermeabilização, agora se você precisa de um tecido mais grosso mais não encontra uma estampa de unicórnio você também consegue resolver esse problema com a dublagem de tecido de forma bem simples.

 

# Algodão Cru

O algodão cru, é um tecido sem adição de cor, por ser bem resistente é muito usado na confecção de bonecas, eco bag ou sacolas ecológicas, cortinas, telas de pintura e painéis de aniversário e vários outros artesanatos.

 

#Tricoline

O queridinho de quem faz artesanato, principalmente quem faz patchwork. O tricoline é um tecido 100% algodão e muito fácil de ser manuseado e possui centenas de cores e estampas o que faz com que seja um curinga no mundo do artesanato. Sua aplicação vai desde bolsas, roupas, carteiras, mantas em patchwork, almofadas em patchwork, quadros, capa de caderno artesanal, guirlandas, guardanapos, pano de mesa, enfeites para crianças e muito mais.

#Malha

A malha diferente do tecido de algodão e do tricoline possui elasticidade. Os retalhos são muitos usados na confecção de tapetes, fuxicos, colares, bolsas em crochê com fio de malha, crochê com fio de malha, cabelo de bonecas, calçados, cestos em crochê com fio de malha, e tem quem usa os retalhos para dar encher algumas peças.

#Linho

O linho é uma fibras natural e muito durável e considerado um tecido nobre, por isso que seu preço é mais elevado. Além de ser usado na confecção de roupas, o linho é muito usado para fazer guardanapos de tecido, quadro em bastidores bordados, capa de almofadas bordadas, saquinhos para lembrancinha casamento e nascimento, cortinas, toalhas de mesa e capas de caderno e álbuns artesanais.

 

#Chita

A chita é um tecido de algodão simples que tem como características suas cores vivas e suas estampas de floridas muito usada nas festas juninas brasileira. Por ser um tecido alegre é muito usado em caminhos de mesa, jogos americanos, capas de almofadas, bandeirinhas, bolsas, carteiras, cortinas, flores de tecido, fuxico, para revestir bancos, vasos, quadros.

 

#Etamine

A etamine é um tecido 100% algodão, muito usado nos artesanatos com bordado. Por ter uma trama que forma pequenos quadradinhos, facilita a contagem dos pontos na técnica de ponto cruz, handanger e bordados livre. Com a étamine você pode fazer lindos caminhos de mesa, jogo americano, panos de copa, pingentes, brincos, broches, marca páginas.

 

#Brim

Também conhecido como ganga, o brim é um tecido resistente e 100% algodão. Está disponível nas versões liso e estampado. Com ele dá para fazer bolsas, carteiras e capas de sofá. O jeans é uma espécie de brim, porém, feito com a mistura de fios de cor anil e de algodão branco.

 

#Juta

A juta é uma fibra têxtil vegetal bem rústico, muito usada na agricultura e na construção civil. Por sua beleza caiu no gosto na decoração e no artesanato como telas, bolsas, jogo americano, flores, almofadas, cestas de café da manhã, capa de álbum, quadros, tapetes, peso de porta, para revestir caixas, sacos e na decoração de festas rústicas.

Além da cor natural, a juta também é encontrada em outras cores como o dourado, vermelho e verde.

 

#Jutex

O Jutex lembra muito a Juta porém mais moderno, porém é um tecido produzido com fibras sintéticas o que faz com ele seja bem mais leve, antialérgico e é um tecido reciclável. Podem ser usadas como a juta.

 

#Talagarça

A talagarça é um tecido, muito parecido com uma tela e, tem uma trama bem aberta e com aspecto engomado. Esse tipo de tecido é usado para confeccionar tapetes, tapetes de retalhos, quadros, bolsas, sacolas, jogo americano.

 

#Piquet

 

O piquet é um tecido com toque suave e macio com desenhos em forma de losangos. Por ser um tecido confortável ele é ideal para confeccionar roupas, capas de almofadas, colchas, mantas, peças para bebês, lembrancinhas de nascimento, panos de copa, bolsas, capas de travesseiros e peças de quartos para bebês.

 

#TNT

O TNT também é conhecido como um “tecido não tecido”, por não ser feito de maneira convencional. É um material confeccionado a base de propileno, e são biodegradáveis e com um custo bem em conta.

São ótimos para fazer saquinhos, fantasias, avental, panos para mesa, flores, ideais para decoração temporária, usado para dar estrutura em peças de tecido e muitas outras coisas. No entanto, ele deve ser usado quando não é preciso ter uma durabilidade.

 

#Feltro

O feltro também é considerado um “tecido não tecido”, pois ele não é tecido. Por ser muito resistente e de fácil manuseio o feltro é muito usado no artesanato. É um queridinho por sua versatilidade, no mercado você consegue encontrar uma variedade de cores e estampas e gramaturas.

O feltro são ótimo para produzir peças decorativas como chaveiros, flores, guirlandas, bolsas, bonecas, descanso de copo, enfeites de natal e peças infantis.

 

#Tecido adesivo

Uma revolução dos tecidos para artesanato e decoração, já que esse tecido é autocolante e dispensa o uso de cola. Com ele você consegue aplica-lo em móveis, eletrodomésticos, madeira, papelão, cerâmica, lata, vidro e outros materiais.

Por sua praticidade vem conquistando cada vez mais apaixonados já que são resistentes a água na hora da limpeza e por sua grande variedade nas estampas. Além de ser usados na parede, você consegue forrar armários, encapar móveis, quadros, objetos, nichos, gavetas, bandejas, cadernos é só escolher e começar!

 

#Organza

A organza é um tecido incrível e delicado podendo ser encontrado em vários tons. Se o seu projeto precisa de elegância, brilho, leveza, romantismo e transparência então você já encontrou o tecido ideal. Muito usado para dar volume em vestidos de daminhas e debutantes por ser bem leve, já no artesanato, é usado em embrulhos e lembrancinhas, laços de fitas, flores, flores de fuxicos tiaras, capas de almofadas, cortinas, pano de mesa e saquinhos para amêndoas, balas, sabonetes artesanais e outros mimos.

 

#Oxford

O Oxford é um tecido sintético muito usado na confecção de uniformes. É um tecido com um custo bem atrativo e possui uma variedade de cores. No mundo do artesanato o Oxford é muito usado para fazer capa de almofadas, cortinas, colchas, flores de fuxico, bolsas, pano de mesa, avental, puxa saco e muitas outras coisas.

Como podemos observar aqui existem vários tipos de tecidos e cada um tem uma aplicação. Claro que nada impede de você testar com novas aplicações.

Porém quando estamos fazendo peças para vender e você procura crescer nesse ramo é importante pensar se como queremos ser reconhecidos.

Eu goste de trabalhar com tecidos de boa qualidade em minhas peças, procuro tecidos que tenham uma boa gramatura, tramas juntas.

O que primeiro penso é para quem é a peça, se for para um bebê o cuidado é ainda maior. Procuro por materiais antialérgicos e, na hora de prepará-los uso produtos neutros e próprios para os bebês. Tudo para manter a qualidade.

Como preparar os tecidos

O preparo do tecido é tão importante como a escolha dos tecidos e aprender como preparar os tecidos é primordial para quem quer que seus trabalhos durem por muito tempo.

E nada de desperdícios! Vale à pena guardar as sobras dos tecidos, já que existem trabalhos que podem ser feitos com pedaços pequenos de tecidos como as técnicas:

  • Crazy
  • Watercolor
  • Paisagens em Patchwork e Quilt

>>> Quer saber mais sobre a técnica de Paisagens em Patchwork e Quilt.

Viu como existe uma variedade de tecidos para utilizar no artesanato e cada tipo de artesanato existe um tipo de tecido. Agora você só tem que escolher o qual é melhor para você!

Gostou do artigo? Se ainda ficou com alguma dúvida deixe nos comentários abaixo que tenho o maior prazer em te ajudar!

Um grande abraço e muitas costurices!!!