Como fazer patchwork – Pontos básicos para costurar e bordar

Os bordados e as aplicações dão um toque todo especial aos seus trabalhos de patchwork. E para ajudar você a fazer esses mimos nos seus projetos, neste artigo vou mostrar alguns pontos diferentes que você pode fazer a mão e que são fáceis de aplicar.

Pontos de bordado

Os pontos de bordado geralmente têm uma função estética, no entanto, servem também para fixar as peças de um trabalho ou para acolchoá-los.

Quando utilizamos o estilo Crazy, o bordado é o protagonista, acompanhado de rendas, passamarias, fitas, cordões, miçangas, botões e outros acessórios que deixam o trabalho extraordinário e único.

Hoje, encontramos no mercado com muita facilidade linhas e fios de diferentes espessuras, cores e efeitos que ajudam a fazer bordados com suaves relevos e muito delicados. Uma linha muito usada por sua qualidade e delicadeza são as linhas de meadas. Com elas você consegue fazer um trabalho delicado usando somente um fio ou com mais expressão usando todos os fios, outra linha que gosto muito de usar é a linha torçal, para trabalhos que você quer dar mais destaque ela é ótima.

Para fazer o bordado eu prefiro agulhas finas e pequenas e para alguns trabalhos uso agulhas longas como a número 6, essa é ideal para você que está começando. Então vamos começar a conhecer alguns pontos que vão ser um diferencial em sua vida.

Pontos Básicos

Alinhavo

Com este ponto podemos fazer tudo é podemos dizer também que ele é o início de tudo. Desde prender partes, criar limites em um espaço, e até decorar um motivo com cores e texturas diferentes.

bordado-ponto-alinhavo

Para começar basta introduzir e retirar a agulha, da direita para esquerda fazendo um ponto pequeno e depois um grande. Repita esse procedimento em todo trabalho.

Alinhavo diagonal

Alinhavo na Diagonal

Saia em A, finque em B e saia em C. Repita esse ponto por todo o trabalho.

Bainhas 

Ponto escondido ou ponto invisível

Ponto Invesível

Use uma agulha mais fina para não marcar o tecido de um nó e comece por trás da parte dobrada. Traga a agulha para a frente como no ponto A, finque a agulha um ou dois fios de tecido e retorne para dentro da dobra paralelamente a onde você saiu e saia 1 ou 1,5 cm a frente. Volte com a agulha para fora e repita sucessivamente. A costura não deve aparecer e para garantir isso use a linha o mais próximo ao tecido. E para dar mais segurança arremate várias vezes ao longo do trabalho.

Ponto bainha

Ponto Bainha

Saia em A, finque em B e saia em C. Repita esse ponto por todo trabalho.

Pontos de Fantasia

Com esses pontos podemos fazer diversos detalhes em nossos trabalhos e deixá-los ainda mais bonito.

Pé de galinha

Ponto Pé de Galinha Bordado

Se você está começando riscar e fazer marcações é uma boa alternativa para fazer um bom trabalho e com o tempo você vai conseguir definir a medida só de olhar, então não se preocupe. Esse ponto parece ser muito complicado mais é muito fácil de fazer. Comece saindo no ponto A, finque no ponto B e saia no ponto C sempre costurando da direita para a esquerda sobre a linha superior. Agora repita o mesmo procedimento na linha inferior.

Esse é um ponto muito bonito que dá um charme a peça se você usar uma linha contrastante fica muito bonito.

Ponto atrás

Ponto atras

Antes de iniciar faça uma marcação para servir como guia e comece fazendo um ponto da direita para a esquerda, atravessando 5 fios do tecido. Repita o procedimento introduzindo a agulha onde terminou o ponto anterior.

Sair a linha no número 1, fincar no número 2 alguns milímetros à direita sobre o risco, e sair no número 3. Fincar por trás no número 4 no mesmo buraco que no número 1. Os pontos têm que estar regulares.

Ponto hastePonto Haste Bordado

 

Risque uma linha para ter guia comece da esquerda para a direita. Sai em A, finque em B, alguns milímetros para a direita, sair em C com o fio para baixo e puxar. Fincar em D (a distância entre B e D tem que ser a mesma que entre C e B).

Ponto correntinha

Ponto Correntinha

Ponto Correntinha Bordado

Realizado de cima para baixo. Sair a linha em 1, fincar em 2 dentro do mesmo ponto, sair em 3. Passar a linha por baixo da agulha e puxá-la vagarosamente. Repetir o mesmo procedimento.

Ponto flecha ou pluma

Ponto Pena Bordado

Saindo em A, fincar em B, sair em C finca novamente em B e sai com a agulha em D sem puxar demais.

Ponto estrela 1

Ponto Estrela Passo a Passo

Ponto Estrela Bordado

Sai em A finca em B, sai em C, fina em D, formando uma cruz. Sai em E, finca em F, sai em G, finca em H, sai em I e finca J, sai em K e finca em L.

Ponto estrela 2

Ponto Estrela

Sai em A, finca em B, sai em C, finca em D, sai em E e finca em F.

Ponto espinha

Ponto Espinha Bordado

Sai em A, finca em B, sai em C, finca em D, sai em E e finca em F.

Ponto Nó Francês

Ponto Nó Francês Bordado

Sai em A, segurar a linha entre o polegar e o indicador (mão esquerda). Colocar a agulha na linha (mão direita). Enrolar a linha 2 ou 3 vezes na agulha, continuando segurando com o polegar esquerda. Trazer a agulha mais perto de você e fincar em outro ponto que desejar, deixando uns fios de tecido do ponto A, sem passar a agulha pelo tecido. Muito importante: com o polegar e o indicador esquerdos, passar o fio, puxando-o. Manter a linha firme no tecido na base da agulha e em seguida passar a agulha pelo ponto.

Ponto caseado

 

Ponto Caseado Passo a PassoPonto Caseado BordadoRealiza da esquerda para a direita. Sair a linha no número A, segurar a linha com o polegar esquerdo, fincar no número B, sair no número C com o fio para baixo.

Ponto rococó

Ponto Rococó Bordado

Ponto Rococó Passo a Passo

Sai em A, finque em B e saia novamente em A, não puxe a agulha toda. Enrole a linha ao redor da ponta da agulha tantas vezes quantas forem necessárias para igualar o espaço entre A e B. Mantenha o polegar esquerdo sobre a linha enrolada e puxe a agulha com cuidado, mantendo o polegar sobre a linha enrolada, finque a agulha para o em B. Puxe a linha até o Ponto Rococó ficar reto sobre o tecido.

Ponto margarida

Ponto Margarida Bordado

Sai em A, finca em B uns dois fios do ponto A, sai em C e prende a laçada em D. Sai em E com a agulha no centro do trabalho para começar a pétala seguinte.

Ponto areia

Ponto Areia Bordado

Saia em A, finque em B e saia em C. Repita esse ponto aleatoriamente em todo trabalho.

Esses são alguns dos muitos pontos que existem pelo mundo do bordado e costura. Resolvi reuni-los em um artigo e aumentar nosso repertório de possibilidades do que podemos fazer em nossos trabalhos e deixá-los ainda mais personalizados e únicos. Espero que gostem e ainda possam dar um charme aos seus trabalhos! Continue nos acompanhando que ainda tem muito mais para aprender!

Não deixe de comentar abaixo como você gosta de aplicar a costura ou o bordado em seus trabalhos.

Um grande abraço e muita costurices!!!

 

 

 

Comentários

comentários


Recent Posts