Como fazer Patchwork: A arte de unir retalhos

O Patchwork é uma técnica antiga em que podemos unir tecidos de vários tamanhos e aproveitar os retalhos, que muitas vezes ficam esquecidos num canto e não sabemos o que fazer. Os tecidos lisos, estampados, listrados, chevron se unem em um verdadeiro mosaico.  A técnica nos permite infinitas possibilidades de combinar desenhos, cores e texturas.

Uma técnica antiga que foi passada de geração em geração e com o passar do tempo o patchwork foi passando de artesanal para artístico. Os estilos e tecidos foram se refinando e deram lugar a novas técnicas que são passadas através de cursos, feiras e exposições.

Apesar de muito antiga, o patchwork hoje é uma atividade muito popular e em todo mundo podemos encontrar trabalhos que são verdadeiras obras de arte expostas em galerias pelo mundo.

Longe do processo manual de antigamente, podemos contar com a tecnologia a nosso favor que está ai para facilitar nosso trabalho. Na internet podemos encontrar sites como este que vai te ajudar dando dicas, trocando experiências e inspirando.

7 Regras de ouro no patchwork e quilt

Patchwork para iniciantes

  • Lavar e passar

Antes de começar qualquer projeto lave e passe os tecidos antes de usá-los, pois todos os tecidos de algodão costumam encolher um pouco depois de lavado.

  • Margem de costura

 Em todas as medidas é preciso aumentar 0,75 cm por cada lado (isso é a margem de costura). Por exemplo: se o projeto necessita de um quadrado de 4 x 4 cm, a medida final será de 5,5 x 5,5 cm ou ainda um outro exemplo é de um retângulo de 5 x 8 cm, a medida final será de 6,5 x 9,5 cm.

  • Direito com direito

Para unir os tecidos coloque o direito do tecido sobre o direito do outro tecido. Para facilitar a costura prenda as partes com alfinetes apontando para onde você deve costurar. Faça uma costura reta respeitando a margem de costura e vá retirando os alfinete para não atrapalhar.

  • Conheça o bloco

Seja qual for o projeto, comece tentando identificar todas as formas que compõem o design do bloco e comece por aqueles que você já conhece. Para unir os blocos eu gosto de começar unindo em faixas na horizontal e só depois unir as faixas na vertical. Outra coisa que ajuda muito na organização dos blocos é montar todas as partes em uma mesa ou no chão, e se achar melhor vale a pena marcar a ordem de cada parte que vai ser costurada, com um pedaço de fita crepe.

  • Tombar ou abrir as costuras?

No patchwork tradicional é comum tombar as costuras para o tecido mais escuro e passar o ferro quente para vincar. Porém, hoje podemos encontrar pessoas que preferem abrir as costuras. O que costuma facilitar na hora de quiltar a peça. Eu gosto de abrir as costuras em meus trabalhos, pois percebo que ele fica com um topo mais lisinho e plano e não deixa um degrau como no patchwork tradicional. Claro, não existe certo ou errado no tombar ou abrir as costuras, você é que tem que decidir qual é a melhor pra você! Experimente!

  • Tecido de forro e manta

Atire a primeira pedra quem nunca ao costurar percebeu que o forro ficou menor depois de quiltar uma peça. Por isso, temos que sempre nos lembrar que o tecido de forro e a manta se reduzem quando fazemos um matelassê ou quiltamos a peça. E para evitar que isso ocorra e você perca seu trabalho sempre corte a manta com 4 cm maior que o topo e o forro 2 cm maior que a manta. Por exemplo se o seu trabalho mede 70 cm x 30 cm, a manta deve medir 74cm x 34 cm e o forro 76 cm x 36 cm. Com esse procedimento você não vai correr o risco de perder seu trabalho.

  • Cada coisa tem seu nome

No patchwork cada parte do bloco tem seu nome e é muito importante saber como se chamam. Chamamos parte cada uma das partes com formas geométricas que compõem o patchwork. O conjunto dessas partes formam blocos, e sua quantidade pode variar de acordo com cada trabalho. A sequência horizontal de partes ou blocos formam uma faixa. As tiras divisórias unem os diferentes blocos ou tiras. Chamamos de bordas as tiras que rodeiam o patchwork e as quinas são pequenos retângulos ou quadrados que são colocados nas pontas das bordas. Para ficar mais fácil para entender observe o desenho abaixo de um patchwork em hexágono.

Bloco patchwork Hexágono

Realizar Patchwork é uma tarefa simples e muito prazerosa, mas para conseguir um bom resultado você deve conhecer bem essa técnica que vem apaixonando cada vez mais pessoas em todo o mundo.

Agora você está pronta para começar a criar no mundo maravilhoso do Patchwork. Abaixo escreva como foi seu começo, queremos compartilhar experiências e ajudar muitos outros a começar a fazer suas peças também!

Leia também: As cores e suas combinações.

Comentários

comentários


Recent Posts