Como fazer o Quilting

O quilting é um assunto muito complexo e apesar de muitos falarem por ai que é muito difícil aprender. Ela é uma técnica que se uma pessoa pode, você também pode! O segredo é treinar, treinar e treinar muuuuito.

Então vamos começar, certo! Na verdade temos que entender pra que serve o Quilting.  O Quilting serve para unir as três camadas: Topo, manta e forro. Porém quando quiltamos muito a peça ela será uma peça firme não sendo tão confortável para dormir. Por isso, quando vamos trabalhar com peças para crianças devemos quiltar o mínimo possível, para tornar uma peça mais aconchegante.





Então, isso é uma coisa que temos que pensar antes de quiltar uma peça.

Para as peças bem trabalhadas em quilting, podem ser usadas nos jogos americanos, colchas para enfeitar a cama por exemplo.

Decidir o quilting que será usada na peça. Em uma peça que a zona neutra é grande esse é um espaço ideal para usar e abusar de designer elaborados, você pode deixar a parte colorida sem quiltar para ganhar um destaque. Você também pode brincar com os designer como em zique zague, ondulado, ondinha, cobrinha, quadrados e muitos outros designers.

O Quilt livre, feito sem desenhos ou formas pré-definidas, com um pé de máquina especial, o calcador para quilting livre, deixa os movimentos da máquina livres e permitindo que você costure em qualquer direção, sem precisar virar o trabalho.

Já o Quilting reto é feito com o calcador especial o Walking Foot, ele ajuda no trabalho proporcionando maior precisão. Alguns modelos vem com um guia de costura que ajuda a realizar trabalhos em linha reta sem precisar riscar. Mas nada impede de você quilt com seu próprio calcador que vem na máquina, o Walking foot facilita e muito o trabalho.

Leia também:  Como começar Patchwork

Temos também o Quilting à mão que apesar de demorado é o preferido da maioria principalmente que faz quilt tradicional.

Para quiltar use linhas especiais. No mercado encontramos uma gama de marcas e cores e preços, é claro!  Eu adoro as linhas para máquina de bordar, além de brilhosas são muito resistentes. Podemos escolher linhas do mesmo tom do tecido ou cores contrastantes também ficam lindas. Eu particularmente gosto da linha branca. Gosto dela em destaque no trabalho.

Para iniciar a quiltar você deve ter alguns acessórios como um desmanchador de costura, uma tesoura, uma luva para quiltar que vai ajudar sua mão não escorregar. Outra coisa que ajuda muito na hora de quiltar é ter uma mesa extensora e passe um pouco de spray de silicone para ajudar seu trabalho a deslizar melhor.

Prender todas as camadas com alinhavo, cola em spray, com alfinete de segurança ou alfinete normal com um pedacinho de EVA na ponta para não machucar. São recursos que ajudam muito na hora de quiltar, no entanto, se o trabalho for para bebê não use a cola em spray para não correr o risco de causar alergia.

Outra coisa que temos que observar é o tamanho do ponto a tensão da linha, porém isso é uma coisa que você terá que descobrir com sua máquina. Pois cada modelo funciona de um jeito e o que serve pra nem sempre serve para o outro, então é só testar. Muitos gostam de zerar o ponto da máquina, e vai determinando o tamanho do ponto com a velocidade do pé e na velocidade que mexo o trabalho.

No entanto, nas máquinas modernas conseguimos baixar os dentes da máquina o que facilita e muito os movimentos. Já para as máquinas mais antigas que não dispõe desses recursos você pode adaptar cobrindo dos dentes da máquina com fita crepe (só cuide para não tampar o buraco onde desce a agulha) e trabalhar normalmente.  Então você não tem desculpas para não quiltar suas peças.

Leia também:  Dicas de ouro para começar a costurar

Pra começar a quiltar temos que pescar a linha. O que é isso? Na verdade você segura a linha de cima e abaixa a agulha e pesque a linha de baixo e coloca voltada pra trás. Depois no final do trabalho você vai dar um nozinho e esconde dentro do trabalho com auxílio de uma agulha. Ou você pode usar o ponto de nozinho que algumas máquinas têm.

Você deve se lembrar que anteriormente disse que o Quilting necessita de muito treino, então antes de partir quiltando tudo você primeiro deve treinar em um papel e design. Com isso seu cérebro irá criar uma conexão com o desenho e ficará mais fácil para quiltar.

A seguir separei alguns designer de Quilting fáceis para você começar a treinar.

Stippling quilting ou mais conhecido como caminho sem fim ou ainda caminho de bêbado.

stippling-quilting-caminho-de-bebado

Wavy Walk ou caminho ondulado

wavy-walk-caminho-ondulado

Paisley

paisley

E por fim você pode misturar vários design diferentes em um mesmo trabalho. E o quilt é uma delícia e não é difícil, se você treinar no mínimo 15 minutos diariamente primeiro no papel e depois no tecido você logo, logo será uma expert em Quilting.

E pra terminar uma dúvida que tem aparecido muito entre as iniciantes no Quilting. Minha linha arrebentou ou a linha acabou como faço para continuar? Eu costumo continuar do mesmo lugar, repito o procedimento como se estivesse no inicio do trabalho. Pesco a linha e escondo dentro do trabalho e se for preciso parar por algum motivo se puder deixo o trabalho na máquina com a agulha abaixada ou tiro da máquina e continuo do lugar que parei.

Já esta na hora de começar a fazer patchwork certo? Então mão na massa! 🙂

Leia também:  Patchwork Passo a Passo para Iniciantes

Você pode se interessar em Dicas de ouro para começar a costurar.

Comentários

comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + seis =