Como escolher a manta certa para o seu trabalho em Patchwork

Você já deve ter percebido que o patchwork tem um aspecto almofadado, não é? E muitas pessoas ainda têm varias dúvidas na hora de escolher qual é a manta correta para aquele trabalho.

Por isso, separei algumas informações que podem ajudar você na hora da compra.





Para fazer esse sanduíche, ou melhor, enchimento, você terá de usar um tecido para forro a manta acrílica e não podemos esquecer do trabalho terminado o TOPO, pois a medida é especifica para cada parte.

Depois de pronta a parte de cima do seu projeto (TOPO). Temos que remover todas as linhas e passá-lo muito bem a ferro e escolher a manta adequada antes de quiltar;

Já que a manta serve para dar um volume ao trabalho, ela será o recheio do sanduíche (top, manta e forro) e é muito importante escolher bem para deixar o trabalho delicado.

No mercado encontramos uma grande variedade de mantas, e temos que levar em conta algumas características como: se será lavado com frequência, se pode ser passado a ferro ou ainda se o quilt será feito à mão ou a máquina.

Então vamos entender um pouco sobre as mantas

As mantas mais usadas são:

Mantas 100% algodão: Elas são mais naturais e fáceis de serem usadas, não encolhem e poderá ser passada a ferro. São usadas para trabalhos grandes e pequenos e podem ser quiltadas à mão e à máquina;

Mantas Sintéticas (100% polyester ou polyester + viscose): Elas são conhecidas por serem mais duráveis e por manter a forma original mesmo depois de muitas lavadas. São mais leves que as mantas de algodão e nem sempre podem passar a ferro;

Mantas Mistas (polyester + algodão): Contém as características tanto do algodão como a do polyester. Pode ser passada a ferro e são mais fáceis de quiltar.

Leia também:  Como fazer o Quilting

Quanto as densidades as mantas:

Finas: Fácil de trabalhar e o trabalho fica mais leve e mostra bem os pontos do quilt;

Médias: Formam uma espécie de textura no quilt e um acolchoado discreto;

Grossas: Destacam bem o relevo e o acolchoado do quilt. Esquentam bastante.

Alguns tipos de mantas são mais adequados para o quilt à mão, enquanto outros são melhores para o quilt à máquina. As mantas mais grossas são mais difíceis de trabalhar na máquina do que as finas e médias, enquanto as termocolantes são mais difíceis para o quilt à mão.

Para ajudar ainda mais, a empresa Pegorari criou uma tabela para ajudar você na escolha da manta ideal.

Caracteristicas-Mantas-Patchwork-Quilt-1

Caracteristicas-Mantas-Patchwork-Quilt-2

Mais algumas dicas importantes:

  • Corte o forro com 3 centímetros a mais que o tamanho do trabalho (TOPO).
  • Coloque o forro em uma superfície plana e prenda com fita crepe para facilitar o trabalho.
  • Coloque a manta acrílica, também 3 ou 4 centímetros maior do que o trabalho, por cima do forro.
  • Coloque o patchwork por cima do enchimento de maneira que tanto o enchimento quanto o forro fiquem visíveis pelas bordas. Retire as fitas.
  • Alinhave tudo ou passe cola em spray dos dois lados da manta nas três peças juntas e marque o local onde deverá ser feita a quiltagem com uma caneta invisível, giz ou você pode preferir o quilt livre.
  • Para finalizar o trabalho e deixá-lo bonito faça um acabamento com viés.
  • Você também pode usar as mantas para estruturar seus trabalhos de paisagem com retalhos de tecido. Se quiser saber mais conheça o Curso Paisagens em Patchwork e Quilt.

Pronto, agora seu trabalho já pode ser admirado pelos seus familiares, amigos ou ser vendido.

Leia também: Patchwork para iniciantes.

Leia também:  Patchwork Passo a Passo para Iniciantes

Comentários

comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + onze =