9 Dicas para fotografia de artesanato

Uma imagem pode dizer mais do que 1.000 palavras, por isso é essencial que suas fotografias transmita a mensagem certa. Estas 9 dicas para fotografia de artesanato mostrará para você o passo a passo para uma foto de sucesso.

Trabalhar com um fotógrafo profissional

Contratar um fotógrafo profissional (conheça esse curso de fotografia) pode custar mais inicialmente, mas é um investimento rentável. Um bom fotógrafo pode fazer você e seu trabalho realmente ganhe vida e ajude você a criar sua marca.

As boas imagens poderão ser selecionado para publicação, exposições e feiras de artesanato. Uma nova coleção de imagens pode até mesmo melhorar sua confiança em si mesma e em seu trabalho!

Contrate um profissional que tenha experiência em trabalhar com produtos artesanais. Você também pode fazer uma pesquisa em sites do seu segmento para tirar algumas ideias de fotos.

Tenha objetivo

Depois de ter selecionado um fotógrafo precisa informá-los sobre exatamente o que é que você está procurando.

Esclarecer o propósito de suas imagens, por exemplo, deve ser usado para o site ou para uma anúncio em revista. Especifique o formato que você quer, seu tempo disponível e seu orçamento total. Certifique-se de pedir um contrato por escrito de tudo que você combinado, para evitar qualquer problema de comunicação.

Confira a concorrência

Separe imagens que realmente você gosta para que você possa mostrar como exemplo para seu fotógrafo.

Acompanhe seus concorrentes em revistas especializadas, folhetos de exposição para ver o que está sendo selecionado e como as fotografias foram tiradas.

Fique de olho como eles estão apresentando suas imagens on-line. Confira seus sites, Facebook, Pinterest e Instagram. Confira sua concorrência ou modelos, e observe o que eles fazem bem e aprendam com seus erros.  Observe como as pessoas percebem os valores da sua marca através de suas imagens.

A chave aqui é NÃO copiar o que outros fizeram, mas encontrar o seu próprio estilo, autêntico! Isso realmente vai ajudar você a identificar o que você quer, e o que não quer, e tendo uma seleção de imagens tornará muito mais fácil para se comunicar com seu fotógrafo.

Decidir o que incluir em suas imagens

Obviamente é importante mostrar seu trabalho de forma que vá valorizar suas peças. Isto parece tão óbvio, mas é muitas vezes esquecido!

Mostre seu trabalho em uso ou com adereços para fornecer um contexto, isso pode ser muito eficaz. Mas não sobrecarregue a foto! Lembre-se: Seu trabalho precisa ser o herói da imagem!

Também é muito importante ter algumas imagens com um fundo branco ou preto liso por serem mais fácil de serem usados em feiras ou editores. Lembre-se a arte-final colorida se tornará mais vibrante contra um fundo preto.

Ser cuidado usando modelos

Modelos podem ser usados de forma muito eficaz em imagens e podem realmente trazer vida. No entanto, se não for feito profissionalmente, eles são uma das formas mais rápidas de fazer o seu trabalho parece muito amador…

Use modelos profissionais e esteja ciente de que você precisará de permissão por escrito de qualquer pessoas se você quiser usar estas imagens para publicação, então esteja ciente disso, se você está fotografando em espaços públicos. Também se você estiver usando crianças como modelos você deverá ter por escrito o consentimento de seus pais.

USE ETIQUETAS, LEGENDAS E NOME PERTINENTE

Quando você salvar suas imagens certifique-se de nomeá-las corretamente. Não use “imagem 1” em suas imagens, mas use algo como “bolsa-em-patchwork“. Isto também vai ajudar você a identificar suas imagens mais fácil.

Certifica-se que todas as suas peças têm uma etiqueta para identificar facilmente sua marca. Especialmente quando você vende online isso é muito importante.

Manter a memória

Certifique-se de que você documente seus principais trabalhos ao longo dos anos e que você fotografe seu trabalho antes de vender. Uma vez que ele se foi, ele se foi!

Se você tem um evento ou exposição não se esqueça de tirar algumas fotos depois. É para sua própria coleção, mas também para compartilhar em seu site ou mídias sociais para ajudar a divulgar seu trabalho e manter informado todos que te seguem de todos os acontecimentos.

Isso irá te fornecer uma documentação e desenvolvimento do seu trabalho, que pode ser realmente útil para fins promocionais e criativos. Ou nem por isso as imagens podem forma uma grande retrospectiva no futuro!

Use suas imagens criativamente

Você pode usar suas imagens muito mais criativamente, enviando-lhes para clientes atuais e potenciais por meio de um boletim para mantê-los informados de suas atividades e eventos.

Uma imagem em cores diferentes pode realmente animar sua lista de preço e tornar muito mais fácil para os seus clientes se lembrem de você.

Em seu Cartão de Visitas inclua uma ou duas imagens de seu trabalho isso fará que seus clientes também se lembre de você.

Conheça os seus direitos de imagem!

Se você tiver criado um produto você será o proprietário. No entanto, o fotógrafo detém os direitos autorais de imagens de seus produtos então procure obter os direitos autorais dessas imagens do fotógrafo (para o qual você pode ter que pagar a mais). Antes de fechar o contrato com o fotógrafo, certifique-se de garantir o direito de suas fotos e deixe tudo por escrito em um contrato assinado por ambas as partes.

Como você faz para registrar as imagens de seus produtos? Nos conte nos comentários abaixo.

Quer aprender como vender seu artesanato on-line acesse o link abaixo e saiba mais no artigo.

>> Quero aprender Como vender meu artesanato! <<<


Recent Posts

Leave a Comment

dois × 1 =